transformação e o mesmo

“Nada pode ser mais espantoso do que a vida. Exceto a literatura”. Ibn Zerhani

Abro um livro ansiosa, outro Orhan Pamuk -, o livro que ainda não abracei O livro negro, reconheço as outras leituras,  a retomada, o cenário, a Turquia, o Bósforo …, e as intenções sérias do meu dia seria arrumar, limpar, fazer, conservar, ouvir música. É tudo repetidamente o mesmo. Amanhã vou até a beira do rio Mampituba almoçar : vou pedir um camarão, uma cerveja , talvez batatas … e vou ficar quieta esperando o prazer. … eu me sinto impotente, oscilando,  e … não passou, ainda não esqueci tudo que pretendo conversar contigo. E. M.B. Mattos 2018 – outubro – Torres.

desordem mesa preta tudo

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s