um dia

viu pelo rabo do olho, uma sombra passando. Não era nenhuma sombra, ele logo viu, ” p. 75 Virginia Woolf ORLANDO 

E isso acontece todo dia quando me distraio e volto a pensar em ti. Sim, e não te conheço. Todos os dias um exercício, e a memória vai deixando de me perseguir. Elizabeth M.B. Mattos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s