mais devagar

… ,pensou, ou disse, já virou experiência. Relações / pessoas nos apertam antes mesmo de se efetivarem como amigos amantes ou conhecidos. Depois, é certo, nos agarramos como crustáceos. Não queremos sofrer. E a lembrança já chega censurada quando se recorda. Por que não somos a fantasia? Deveríamos ser aquela que o outro sonhou que seríamos, não nós. Gostaria de viver várias vidas, multiplicar as possibilidades o fazer até a dor, multiplicar, desesperar. Sou uma aborrecida e azadíssima pessoa. Não quero envelhecer. Quebrei os espelhos da casa. Estou a dormir mais do que a acordar. E não diga que é depressão porque tudo está encadeado na ação. Elizabeth M.B. Mattos – novembro de 2018 . Escrever escrever meu amigo, enlouqueço mais devagar porque estou a escrever.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s