talvez cheiro de mar

Retrato: todas cores são necessárias, todas letras … todas as notas: exausta cansada esgotada desanimada pesada triste sem paciência burra desatenta descuidada sem sono sem vontade sem olhar sem pensar entorpecida,  que um dia faça sol e chuva ou trovoada e raio risque o céu. Água gelo …, ou vento ….  garoa. Depois luz e azul e perdão e ânimo perfumado com rosas . Que as buganvileas fiquem azuis. Olhos verdes e castanhos, os teus. Tranquilos mansos e doces, não furiosos nem rancorosas nem desiludidos, mas crédulos. Cheiro de terra na revoada dos pássaros. E o alegre leve e bordado jeito de ser se faça  na virada mágica das cartas deste jogo. Vou jogar com os dados. Elizabeth M.B.Mattos novembro de 2018 – Torres cinzentas – sim, as torres crescem assustadoramente, ninguém mais vai deixar o sol entrar. Teremos sempre o vento pelas frestas, e … talvez, um cheiro de mar.

a melhor foto dos peixesssssssssssssssss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s