gêmeo

O que torna o mundo misterioso é a presença da segunda pessoa que cada um de nós traz dentro de si, o irmão gêmeo com quem compartilhamos a vida.” (p.388) Orphan Pamuk O livro negro 

Eu me agarrei nestas palavras: mistério gêmeo -, segunda pessoa, nós desdobrados  a correr  para chegar estupefatos. Não tem saída nem chegada. Apenas a quietude do reencontro com este irmão gêmeo que nos consola porque nos conhece de verdade. Elizabeth M.B. Mattos – novembro de 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s