interior

Interior a grande tristeza mágoa, dor de morte. Tragédia rasgada. Esgaça a vida que se agita inconstante. Desespero. E.M.B. Mattos – Torres de 2018

“[…] as palavras confusas dos sonhos delas misturam-se com seus gemidos numa trança de sons que os unia de um modo tão íntimo que a certeza de nunca poderem separar como que apaziguava o receio da morte, substituindo – o por uma tranquilizante sensação de eternidade: nada seria diferente do que então era, filhas não cresceriam nunca e a noite prolongar – se ia num enorme silêncio de ternura […]”( p.59) António Lobo Antunes – Memória de Elefante

Janela com sombra

Foto de Luiza M. Domingues – Recife – Oficina Brennand

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s