vulnerável

hoje mais do que ontem, talvez porque escuto música e a noite fechada, ou a possibilidade de ser mulher, um olhar, não sei, sinto medo e me atrapalho… o amor tem suas frestas e pedras a serem polidas. Caminhos perdidos a serem reencontrados. O amor tem um corpo que reclama. Todas as minhas inquietações e tristezas estão amarradas em ti, nas tuas palavras, por favor, vem me libertar… atende ao telefone, fala comigo, explica. Ou não diz nada. Deixa eu te olhar apenas uma vez e ir embora. Te apieda deste amor desgovernado estéril e intenso…

Passei tantos anos tentando agradar/ fazer a coisa certa / dizer a coisa certa / harmonizar -, hoje isso me pesa. Hoje não quero mais fazer o certo, o correto, mas apenas ser eu mesma sem medo. Droga de medo! Medo de mim, das pessoas, dos passos, de tanto sol! Não quero me preocupar se estou certa ou errada, quero seguir meu coração e chegar onde estás. Não importa a certeza de que meu fazer, o meu sentir, o meu desejo tenha peso ou valor, ou colorido. Quero as coisas do jeito que sou / do jeito que eu sinto. Não me importa mais acompanhar / confraternizar ou sorrir ou dizer ou querer ser aceita por inteiro, ou metade. Nunca é o todo, sempre parte. Não importa o que pensem a teu respeito a meu respeito, se estou certa se estás errado. Importa que estou/ sou como sou, aceita ou não.  Não quero entrar na caixa e ser etiquetada. Se soubesses o tanto que significou dizeres/ falares… tu sublinhaste tanta coisa esquecida!  Quero ser uma pessoa comum, perdida para os outros, encontrada bem nos meus limites de mulher!  Elizabeth M.B. Mattos – abril de 2019 TORRES – faz um ano ou quase dois, eu não sei. Faz toda a vida  e eu acordei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s