tu

o lugar certo / o lugar neutro / o possível.

o inteiro de dois pedaços: o outro

Depois de tanto tempo neste tempo arrastado lembrei de ti forte forte, forte (quase vivo), de ti e de nós dois que nem somos/ não fomos…

eu  a olhar teu desencontro, tua explosão no espelho que sou eu…

vaidade esta tua vida tão do teu jeito! …e eu a te desejar menina, vou me despindo para o abraço, e fecho os olhos, somos ontem, antes de ontem, somos sempre… Elizabeth M.B. Mattos – abrir de 2019 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s