despir

Queres que eu me cure dos amores, esqueça amados, apague rabiscos. Queres minha voz na tua voz, os olhos nos teus olhos, e tua boca a devorar a minha.

Queres tudo e nada: queres o estado de ser sem ter e me esqueces, mas eu não. E.M.B.Mattos – maio de 2019 – Torres

Ninguém sonha duas vezes o mesmo sonho

Ninguém s banha duas vezes no mesmo rio

Nem ama duas vezes a mesma mulher.

Deus de onde tudo deriva

E a circulação e o movimento infinito.

 

Ainda não estamos habituados com o mundo

Nascer é muito complicado.” Murilo Mendes – Reflexão Número 1

relógio e máquina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s