amante amado

Não consigo mudar o formato. Igual digo e sublinho. ”Alguma coisa vibrou no coração de Constance: ‘Sou pela democracia do contato, pela ressurreição do corpo!’ Embora não soubesse o que isso queria dizer, fez – lhe bem a frase, como acontece com muita coisa incompreensível.”(p.90)

Livro / leitura revirou alma e corpo. D. H. Lawrence O amante de Lady Chatterley – outro século, outro mundo, mas a alma, a mesma. Amante amado. O que somos no melhor, ou no pior: amando o amor do amado: igual. E.M. B. Mattos – julho de 2019

“- Mas a impressão de um contato pode durar tanto tempo assim? – perguntou Constance de súbito. – A senhora o sente até agora…  – Oh, madame, outra coisa pode durar tanto como a lembrança do sentir, do contato? Os filhos crescem e nos abandonam. Mas o homem, ah! Mas mesmo isto os corações duros querem matar na gente: lembrança do contato.Até os nossos próprios filhos! Quem sabe das coisas? Nós poderíamos ter nos separado, mas o sentimento é coisa diversa. Melhor talvez seja não gostarmos de ninguém. Entretanto, sempre que vejo essas mulheres que nunca foram aquecidas por um homem, tenho a impressão de ver corujas, pobres corujas, por mais que se enfeitem e corram atrás da vida. Não. Nada me faz mudar de ideia. Não tenho grande respeito pelo mundo.” (p.188)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s