amorosidade generosa

Mundo e vida, revoada boa. Dia azul. O frio gelado, beira mar no arvoredo verde da lagoa: maresia gaúcha. Chocolates Praliné depuis 1845 presente festivo / delicado / mimoso. Amorosidade generosa da amiga. Tanto a dizer e a lembrar como rosário: pérola, cristal, ametistas redondas. Perfeito: “ajuntamento das palavras por quem sabe conduzir por meandros mal-acostumados…” E eu já fico a pensar que acostumar dizer e saborear tem gosto de agora no gosto doce chocolate do chocolate. Penso vinho e revoadas. Sinto o gosto gasoso da água. Escorrego feliz…  Deixo sentada, na melhor poltrona, aquela angustia aflita de ontem! Sigo limpando os livros e revirando o passado, gostando deste hoje ventoso. Elizabeth M. B. Mattos – agosto de 2019 – Torres

 

LINÉIA no Jardim de Monet : Texto de Christina Bjõrk – Ilustrações de Lena Anderson e Tradução de Ana Maria Machado

 

LINEIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s