vou te contar do sonho de te ter

Enquanto sonho com o sonho, e posso te ter, penso em cada detalhe do teu desejo e esparramo pela casa teus pedaços de vontade.Depois fugo para teu abraço. Encabulada, ilustro o teu desejo e o meu. Não posso me frustrar de escrever / descrever e pedir… Ainda estreito teu desejo com o meu no segredo de te amar. E não me importo de perder para te ganhar, e te ganhar despedaçada de tanto sangrar. Elizabeth M.B. Mattos – setembro de 2019 – Torres

[…] pois tudo que é sagrado possui a substância dos sonhos e das lembranças de forma que experimentamos o milagre das coisas das quais estamos separados, seja pelo tempo ou pela distância, e que se ternam de repente tangíveis para nós. Sonhos, lembranças, o sagrado – são todos parecidos pelo fato de estarem além do nosso alcance. Quando ficamo separados, ainda que não substancialmente, daquilo que não podemos tocar, o objeto fica santificado, adquire a beleza do inatingível, a qualidade do milagroso. Todas as coisas na realidade possuem esta qualidade sacra embora possamos conspurcá – las com um toque.Quão estranho é o ser humano! Seu toque vilipendia embora nele esteja contida a fonte dos milagres.” (p.47) Yukio Mishima – Neve na Primavera  – Mar da Fertilidade vol.I

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s