fundo do poço

O fundo do poço com escadas… Não posso me esquecer desta observação amiga. O poço tem escadas, deve ter. Da loucura ou do desespero, ou da alienação ela mesma, ou será o desconhecimento do eu. Do intrínseco, intransferível que se desgoverna num / ou noutro pedido de socorro… As fotografias. Ou…, não consigo pensar a maior, ou a melhor urgência da fotografia do que o desejo da permanência no outro. Não guardamos mais as imagens, elas se guardam na nuvem. O registro, a vontade de ser além da própria vida transforma a viagem num clic… Palavras amontoadas, publicadas, lidas, escritas, mesmo no mais remoto, o homem desenhou, deixou rastros, “caixas” a serem descobertas e ventiladas, recolhidas: diários virtuais ou cavernas? Sou eu a escrever sem poder parar, sem pensar, sem gerenciar, ou organizar, sou eu a escrever num clicar constante e obsessivo. O ser humano na /em vida preparou / prepara a finitude na memória no registro alucinado. Permanência. E loucura  a se iluminar em palavras, em fotos. Uma montanha de fotos a descrever o caminho, a passagem, o desesperado ir. O eterno voo para o outro lado do quintal, e de repente, o mesmo quintal de sempre chamado de terra / barro, país ou como é mesmo lugar que não acerto no mapa? Eu viajo na viagem dele. É isso? Ou ele se alarga na minha cabeça a pinçar sentimento de ausência. O amor do amado, o amor amado por este filho, por aquele sorriso. O amor do afago. O álcool, o ópio, o cigarro, a droga das drogas, o dinheiro, o poder de ser/estar além de mim mesma. Será isso/assim esta vida viva de se ausentar e presentear. Não importa o esconderijo. Não existem janelas fechadas. O verão voltou abafado. É o mar que se encolhe, ou as geleiras desaparecem… Flávio Xavier descreveu tão bem o que não queremos mais ver, o extermínio. E a guerra. Daqueles mortos renasceram tantos outros também mortos, e somos todos inconsequentes…. E.M.B. Mattos – fevereiro de 2020

Impressionada com as fotos e tantas fotos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s