Elói Colage

Iberê Camargo e uma aluna no Curso Intensivo de pintura que ora se desenvolve no Museu de Arte do Estado. O pintor dirigiu ontem à noite o debate sobre arte contemporânea, que se realizou também no Museu de Arte do Estado (Teatro São Pedro) – foto no jornal – 1965

MUITO FREQUENTADO O CURSO INTENSIVO DE PINTURA NO MUSEU DE ARTE[1]

O pincel nervoso passeando sobre o vermelho violento, preto, branco.Nelson Wiegert vai dizendo: ”Iberê chegou na hora… Este curso está me fazendo um bem enorme, Iberê traz a gente para dentro da gente mesmo… É. O curso chegou bem na hora exata. Sinto que aproveito muito e muito.”

‘“– Pois é chê. Ensinar mesmo não estou ensinando. Estou é dando uma mão a este pessoal. Querem aprender, têm vontade de trabalhar e eu estou em disponibilidade de ajudá-los.”

Sobre o trabalho:

“ É sempre bom dar algo daquilo que se sabe, ensinar o outro a ver, a ter uma compreensão do problema pictórico.”

Sobre os alunos:

“[…] prefiro quem vem “despido” de maneirismos e falsos conhecimentos aos quais se agarra sem querer avançar para novas técnicas”.

Sobre os temas:

“[…] engraçado! Tem gente que não quer sonhar, está por demais preso “a realidade e não quer se desligar dela com medo do desconhecido. Não cria, mas copia / reproduz o que foi feito. Enfim… isto é como uma religião (me perguntaram e eu disse que era sim senhor quem quer entrar aqui com seu preconceito…sai daqui somente com o seu preconceito. É preciso um pouco de humildade.”

[1] Eloí Colage

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s