quero

Antes eu podia, mas não queria. Dava voltas, e me enredava no livro, no texto, na música. Agora não posso mesmo, ou não devo, então, o desejo louco de sair, de viajar, de olhar… O longe, bem longe, no impossível ir, o desejo maior…Beth Mattos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s