POEMA PARA QUEM FICOU

“POEMA PARA QUEM FICOU

Eu sempre estive de partida. / Ensaiei por anos, um pouco/ minha despedida./ Você ficou triste e não entendeu./ Nunca soube que eu me preparava/ para alçar o voo que tanto queria./ Ficou me esperando sem que eu pedisse./ Pensou numa história que não era a minha/ e ilustrou um texto que nunca escrevemos./ Se hoje me procura você não me encontra/ pois sou diferente do que já vivemos. / Fui me transformando pela vida afora./ Lembro do passado, mas vou caminhando,/ abrindo uma estrada/ e comigo levando/ quem me vê inteira/ quem me sabe forte,/ quem me quer guerreira.” (Carmen Lícia Palazzo)

Poema intenso, preciso. Como gostei! A certeza de que a caminhada importa, e que os registros ficam, o passado soma no presente, e já somos outra…

Um comentário sobre “POEMA PARA QUEM FICOU

  1. Muito obrigada pelo compartilhamento, é uma honra para mim estar no teu belo blog, querida prima Beth! Um beijo grande.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s