esperando você

  1. Quando você não escreve, nem telefona, (estou sem celular, verdade,) deixo a inquietude dominar. Penso: lavar, lavar, limpar e aspirar, ordenar: equilíbrio. Sou eu. Espero você. Desejo o mágico fazer nada, com você e a luz e o tudo… Choveu agora. Tão forte! Movimentada água a molhar o calor! Esperar você!
  2. Enquanto espero você eu me desmancho em pedaços ativos: gavetas arrumadas, louça lavada. A poeira desapareceu, certezas exauridas. Chocolates desapareceram…
  3. O bom de contar é você, dezembro de 2020 – Torres com chuva, esperando você. Beth Mattos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s