Beber juntos café, chá , chuva ou whisky sem gelo, um vinho. Cachaça ou água gelada. Agarras a mania de assustar. Eu me agarro em nós dois juntos. Sustos voadores despencam e nos atropelam. Do complicado ao difícil. Foi tão forte quando nos reencontramos que ficou a sensação de intimidade de amor de todos os dias. Não combinamos certo/direito o dia do café… medo. Do acaso, do certo, do hoje, do amanhã. Não do corpo, da pele ou do envelhecer. Dos olhos cansados. Sempre um sorriso, uma ternura perdida. Deve existir o gosto de coisa boa, de audácia. Ah! Teremos que envelhecer mais e mais para nos proteger! O risco de não ser quem sofre de inquietude, medo de virares as costas… De nunca mais ter desejo e gozo. De abrir o brinquedo proibido. De perder amorosidade latente. Ah! Se não houvesse o outro no meio do caminho! Sentaríamos na grama, deitaríamos nas margaridas e dormiríamos.as da manhã/refrescou muito,esfriou mesmo. Eu me enrolei num chambre velho e desci com a Ônix. Distraída. Claro! Depois de todas as pedras que coloquei em cima da história, fico levantando uma depois da outra num esforço sonolento, desanimada. Quero entender e me confundo. Em algum lugar do passado eu te amei. Deves rir de mim. Aliás, teu jeito de ser…, teus pequenos e grandes pecados se atrapalharam nas tuas redes amorosas. Eu sempre fui clandestina para amar o amor. Então, aí teríamos sido bem felizes. Não sacramentado, mas escondidos no sentimento roubado. Queria poder te socorrer nestas questões de grana e te libertar. Queria pegar tua mão. Queria te roubar do tempo. E te esconder na praia. Queria te descobrir. Esquisito! Consegues alterar/remexer meu humor. Da alegria pra irritação depois pra uma danada melancolia a se arrastar… Teu poder, maior do que a minha vontade. Tua brejeirice mágica. Por isso tenho vontade de quebrar tudo: pratos e copos e risadas. Jogar a insanidade pela janela, a se espalhar. Para começar tudo outra vez. Ah! Que loucura a vida em estado de paixão! Elizabeth M.B. Mattos – fevereiro de 2021 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s