avesso da realidade

A vida se mistura na fantasia. Estamos/ficamos, nós os dois, a sonhar amarrados no avesso da realidade: juntos. Fantasia. Na fantasia da fantasia nos debruçamos. Trepida a paixão. Sem desenho, sem contorno. Curioso! Arranho estreitos conceitos cotidianos… O sentido exato/preciso das coisas saltam como pipocas.

Poderei tocar nas teclas do piano, será música? Tantas vezes tentei! Eu imagino a dança: corpo colado, apertado, olhos fechados. Dançar. História exigente, não apenas conhecer um ao outro, mas transpor a barreira, descobrir o avesso, desfazer a bainha, acertar os desvios/ e desmanchar a costura mal feita. Que o caminho se faça pelas pedras sem sangrar os pés. Elizabeth M.B. Mattos – março de 2021 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s