Georges Simenon

Resolvi começar do começo: limpar, encerrar obsessão. Trocar móveis de lugar, desfazer / doar isso ou aquilo, e limpar. Principalmente, limpar a preguiça e a indolência, a cabeça deste pensar, pensar (inútil) e…

Tua ausência desarrumou o tempo: ventania, excesso de chuva, excesso de sol, excesso de ansiedade, de calor, excesso de palavra, depois, excesso de silêncio.

Leio o último Simenon da estante : La main, céus! Livros me agitam… Literatura perfeita – ação e ‘pensasão’ (excesso de pensar), nada de reprimir e ou reconsiderar. Tritura a lógica: fazer/fazer acontecer. Furar os olhos. Ufa! Que alívio. No ato / ação elimina /mata. Assassina liberta. Este suspense maluco. Sou /somos perigosos. Estrangular sem força, mentalmente. Acertar o alvo com os olhos, sufocar com os braços no abraço. Sentimento corporificado. lizabeth M.B. Mattos – abril de 2021 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s