molengooooooo

Dia molengo, vai escoando distraído, morno o desânimo; e agora a dor da úlcera, das aderências e do corpo e do bombardeamento que me deixa surda. Anestesia, cirurgia, solução e certa paz de recomeço. Não sou aquela que LC se esmerou a descrever. Não o espelho, talvez reflexo e trabalho, tentativa de acertar, e blindada…. Mais maternidade, bastante trabalho. Este quadro de exigências na fantasia me fez rir, o ócio traz este equívoco de avaliação mesquinha. Mas, paradoxalmente, gentil: uma parada no deserto. Elizabeth M.B. Mattos – julho de 2021 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s