tranquilizar e enfeitar e comer bolo de chocolate: encomendei na padaria, estou feliz…viva a irmã! viva a sobrinha amada!

(…) nas beiradas, pelas beiradas. Sentimentos frios, inacabados espetam! Eles querem se derramar, ou gritar, estão contidos/amarrados. Eles se esfregam uns aos outros. Carinho apressado. Não são. E ninguém dorme tranquilo. Não choveu como eu queria que chovesse: faz sol, aquele dia perfeito para um dia perfeito, mas está estranho/colado, amarrado, preso. Não é um bom momento. Ah! Há de passar! As lâmpadas novas chegaram. Clarão da/ na luz de cabeceira, dourado. Separei um livro de Georges Simenon Crime Impune, de Ítalo Calvino Os Amores difíceis, e também um livro de Dashiell Hammett. Vou dormir. Perfumei a cama. Amanhã será um simpático dia de festejos! Elizabeth M.B. Mattos – outubro de 2021 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s