explica o escrever, e, o pão

Ter o que dizer, não apenas exercitar, pegar a linha, seguir, e dizer, dizer/escrever/ repetir, acordar (tenho estado sonambulando, tropeçando, amuada, enjoada) e escrever. Tão bom ler? E encontrar… E. M. B. M.

Quando sinto que disse tudo o que podia dizer e o disse tão bem como me era possível. Nesse momento, tenho a sensação de que está terminado, de que está acabado. É como o pão: há um momento em que se sente que não é mais preciso amassá – lo. Experienta- se uma sensação de admiração – que aliás experimento em tudo, não apenas com os livros – , a satisfação e o espanto de ter conseguido fazer aquilo. de ter saído bem, de ter chegado ao termo. […] Procuro eliminar o que não é essencial, não ceder ao ornamento, como fazia em minha juventude.” Marguerite Yuorcenar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s