uauuuu! Voltei com a leitura

Karl Ove Knausgard – o sexto volume – por fim, O FIM chegará no termino, resolvido o percalço!

Eu já citei, acho que esta mesma citação! Ah! Delícia de poder repetir, abrir/reler/olhar as letras/ver, e, reencontrar o pensado/sentido, talvez, até assimilado, não sei explicar! Só dizer, estou feliz! Estou a embalar a criança, entrego a boneca, as balas para a menina! A corda de pular, a bola de jogar, ao menino. Dividir o bolo de chocolate! E beber o suco, correr! E reler / ler e anoitecer eufórica! Sou eu. Elizabeth M.B. Mattos – maio de 2022 – Torres

Ler é ver as palavras como luz, elas brilham na escuridão, uma depois da outra, e a leitura é seguir a luz cada vez mais fundo. Mas o que cada pessoa vê mantém relação com o que cada pessoa é; na consciência existem limites, esses limites são pessoais, mas também culturais, de maneira que sempre existem coisas que não vemos, sempre existem lugares aonde não chegamos. No entanto,, se tivermos paciência suficiente, se examinarmos as palavras e os arredores das palavras com atenção necessária, podemos encontrar esses limites, e o que se revela nesse caso é aquilo que se encontra fora do nosso alcance. O objetivo da leitura é chegar a esses limites do nosso ser. Envelhecer não é compreender melhor, é saber que há mais coisas a compreender.” (p.389) Karl Ove Knausgard O FIM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s