neblina

Apenas o cinzento. Dia invernoso e misterioso (tomada do sentir / do insinuar). Quando empurrar o compromisso, seguir em frente parece batalha já conquista e certo cansaço. Descascar laranjas e pular a fogueira, comer pinhão. Pernambuco festeja as festas. As mudanças, os filhos viageiros, estes netos a crescer e atravessar o ir e vir independentes! Um orgulho natural, depois enorme! E a formosura cuidada da minha Valentina, tão longe, mas as mágicas da mãe, tão perto! E minha casa fica rastreada, suada com as correrias, vibrante/vibrando com as risadas…, De certo a mágica dos filhos, das irmãs / das sobrinhas deixam o caminho leve, iluminado no cinzento deste dia. Elizabeth M.B. Mattos – julho de 2022 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s