prazer e loucura

o poder de transformar e seguir e se apaixonar segue; sem te escrever, sem ter uma palavra / sem saber… assim mesmo brindar, estás lá. a loucura de espaguete instantâneo e sabor de vinho; imaginar rosas protegendo os vinhedos, o perfeito no imperfeito, a doçura da loucura no prazer. bergamotas e laranjas do inverno. a chuva amortecendo o calor, o desarrumado na minha ordem: fazer acontecer. a solidão aconchegada numa alegria que transborda e reclama. desejo de ser dois, ou muitos e de sorrir, enfeitar. É a vida! Elizabeth M.B. Mattos – julho de 2022 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s