herói

Um sorriso na voz. Não preciso de nenhum sonho entre nós e a vida. Teu sorriso, tuas certezas…

Eu me deixo ir, eu me deixo ficar, ora acredito, ora sinto medo…, mas acredito, um pouco em mim, sou eu, outro pouco em ti, és tu. Agarra minha mão. Nunca foi fácil. O sorriso na voz. Concluo: a realidade só pode ser descrita mediante uma transgressão do social, mas não deve me trair, eu sou o meu foco. Cada um tem a luz própria…

Sem explicar por completo, tentando: a palavra se arrasta, não alcança o completo, porque sou incompleta, sem definição, tu também não tens definições. Eu quero que ele seja herói (herói das suas próprias conquistas), afinal os vinte anos são mesmo um amontoado de equívocos. Deste/neste emaranhado as flores crescem, e se transformam em frutos. Nunca ficarei sem alimento. Ele será sempre o meu herói preferido. Elizabeth M.B. Mattos – agosto de 2022 – Torres

“A única maneira de extrair o medo ou preconceito seria a partir de dentro, de baixo, e como naturalmente esse tipo de mente preconceituosa ou atemorizada se esquivaria à menor sugestão de tratamento psicanalítico, ou mesmo de estudar e pesquisar dentro dessa linha, você não pode chegar a raiz do problema. Cada palavra, pronunciada em minha defesa digo, para indivíduos já preconcebidos, serve para aprofundar ainda mais a raiz.” (p.112) Hilda Doolittle Por amor a Freud

os ódios, ou as raivas mal compreendidas saem a passear pelas calçadas…contaminam, temos que estar alertas / vivos /, não importa se choramos, importa continuar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s