passagem

Passagem de trem, voos de avião, corridas de automóveis, e memória revirada, atravessa a leitura: em Torres eu me encontrei com o silêncio, com a minha autonomia -, finalmente, sou eu mesma. Mas foi em Santa Cruz do Sul , foi em Rio Pardo que fiz amigos, não, acho que foi no Rio e Janeiro, ou as cônegas, no Bom Conselho, no tempo de colégio fiz amigas preciosas, ou em Porto Alegre?! Mas acho que a liberdade chegou em Torres. Aqui me libertei para ser feliz: eu estava/estou completa: eu, era/fui tão completamente feliz e encontrada! Descobri meus segredos. AMEI – AMEI COM COMPLETA E CEGA ENTREGA!….Agora já rastejo o tempo. Ninguém toca e acalma o sentimento de ser feliz! Vaidade e vaidade, e poder, e poder! O que eu tenho em Torres? Um longo trabalho a ser feito…, vou conseguir. Precisarei de um apoio, um sinaleiro para chegar mais rápido. A loucura é apenas minha. Elizabeth M.B. Mattos – agosto de 2022 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s