FT

FT tinha sessenta anos quando o conheci. Não. Ele não leu todos os livros que afirmou ter lido em entrevista… E eu levei vinte ou foram vinte e cinco anos para entender o que ele disse. Céus! Não entendi. Ingenuidade, vaidade! Estupefata. A modéstia, a humildade, e os passos são incompreensíveis quando a carruagem passa. Se tanto tinha lido de Virgínia Woolf, tenho certeza que preciso reler e não estarei nem no começo…

Estrias de roxo, rubro, laranja e azul irrompiam pelos interstícios das folhas e cintilavam na esmeralda que levava no dedo.” (p.187) Virgínia Woolf Orlando

…escrever / ler / pensar e conversar são tarefas árduas, infindáveis e não posso explicar. Passou tanto tempo! Tanto! Perdi. Inutilidade / nulidade e não…, não acrescentei. Coisas de amar: detalhes. Bocejar, bocejar, deixar passar. Coisas de amar… Elizabeth M.B. Mattos – outubro de 2022 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s