citação: possíveel/razoável, caminho…

Não deves ler a citação pela citação, mas seguir a trabalhar o possível caminho, quer dizer, continuar a pensar no que não foi transcrito, no que deve estar antes e depois da citação: autor / texto por inteiro. O motivo do recorte, o íntimo, o segredo de quem pode estar atrás destas palavras? O já dito, escrito / já pensado. Então, insisto… Elizabeth M.B. Mattos – novembro de 2022 – Torres (Chove. Chove muito. Escuto a música. A noite tamborila, envolve. Pedro voltou para São Paulo – revolucionou minha alma/espírito, e este agito de vida me encanta! Sacudita eu sinto / sei que o presente foi o rastro e aquela alegria boa do amor.)

A maior parte das pessoas tem a fantasia embptada. O que não as toca diretamente, o que não atinge duramente seus sentidos com sua ponta afiada quase não as excita. Mas se acontece diante de seus olhos, perto da sua emoção, ainda que seja algo insignificante, logo desencadeia nelas uma paixão desmedida. Então, de certa forma substituem a rara simpatia por uma veemência exagerada e inadequada.” (p.11) Stefan Zweig 24 horas na vida de uma mulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s