Uma risca de limite

A balança interna que mede a energia. Positiva ou negativa. Convivência! Não podemos embrutecer paralisados! Observo as plantas. Converso com elas. Pobres jasmins escravizados! Também conhecem as gaiolas douradas, o limite do vaso. Também domesticados! Tantas vezes sem vontade própria! Somos o que os outros esperam que sejamos… Como as plantas nos adaptamos…Olho o verde, escuto a música, e tento acalmar minha inquietude enquanto escrevo. Temos que entender a cidade que nos aprisiona: escolhas erradas, certas, perigosamente nossas! Namoro os jacarandás, as paineiras! Caminho todas as manhãs pelas ruas do bairro abastecendo a casa com frutas, pão. Busco o cheiro do café energizante que já fizeram as cabras saltitarem vivazes, como conta a lenda… E posso sentar por uma hora ou duas nestas mesas que ocupam as calçadas. Retomo a cidade ainda vazia, mas sempre verde. O quarteirão. Uma risca de limite. O nosso limite. Interno. Particular rebeldia. Saudade do antes, daquilo que não conseguimos segurar. Porto Alegre das ruas estreitas, arborizadas, com perfume de terra, minha cidade. É preciso sair do lugar, ousar. Pode ser um olhar singelo o que liberta. Um olhar de paz. Elizabeth M. B. Mattos – novembro de 2012

7 comentários sobre “Uma risca de limite

  1. “…Caminho todas as tardes por estes quarteirões
    desertos, é certo.
    Mas nunca tenho certeza
    Se estou percorrendo o quarteirão deserto
    Ou algum deserto em mim.”

    Manoel de Barros

  2. Eu sei, foi Ana Gilbert…Viste o poema?

    “…Caminho todas as tardes por estes quarteirões
    desertos, é certo.
    Mas nunca tenho certeza
    Se estou percorrendo o quarteirão deserto
    Ou algum deserto em mim.”

    Manoel de Barros

  3. Pingback: tudo já está no AMORAS – o que será este tudooooo? aquilo que acreditei | amoras azuis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s