Desorganizo

O momento certo, palavras redondas. Não. O perfeito não mora aqui. Aliás, em poucos minutos desorganizo, empilho, reviro tudo: bagunçar a casa inteira faz parte da rotina. Estranheza, o bom momento. Limpar. Limpar pode ser obsessivo. Não escrevo. Amontoam ideias, ponderações, confidências. Atrasado este tempo,ou o dia de escrever, a pauta.

Chove outono. Cinzento. Devagar a saudade se acomoda. Leio três páginas. Arrumo a cama. Escrevo três linhas. Lavo a louça. Volto ao livro. Toca o telefone. Inquietude.

Vou caminhar até ao mar. Vazio. Pequeno. Estreito. Fora do mundo. Só mar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s