Apressado

Ouvir a voz, escutar a risada. Tocar no outro é importante. Temos que corrigir este tempo apressado. Esquecer o futuro flutuante. Desdobrar o conhecimento de passado, meio atropelado, respirar para reconhecer a história. Esquecer esta perseguição pela visualização de sucesso imediato. Do texto pronto. Uma fotografia, não a experiência. Neste registro do imediato se perde o detalhe, a sutileza. Também o resguardo necessário para amadurecimento. Temos que agarrar melhor a quietude, o silêncio. Exercitar a o dia de hoje num desdobramento manso, maior, mais generoso. Exercício para deixar de correr. Respirar.

E já estou no ritmo apressado…Outra vez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s