Paradoxo aparente

Paradoxo aparente: os amantes são irmãos. A relação sexual torna-se um dos componentes dessa relação fraterna que possui como que um leve perfume de incesto. Além disso, os sentimentos familiares vencem aqueles que sentiam os heróis da senhora de Lafayette ou de Racine. Busca-se menos dominar e possuir o Outro do que ser amado, protegido, consolado, compreendido e perdoado. Como diz Theodor W. Adorno, só nos ama aquele junto a quem podemos nos mostrar fracos, sem provocar a força. O modelo de amor é mais do que nunca o da mãe pelo filho; imaginamos que ele é desinteressado, ablativo e que está acima dos conflitos. O desejo arcaico de retorno à simbiose materna nunca esteve tão vivo, tanto entre os homens quanto entre as mulheres. A fusão desejada é a da mesma natureza, com a diferença de uma exceção. Buscamos a transparência das relações, o leite da ternura humana, a cumplicidade perfeita que nos unia à nossa mãe e, recusando ao mesmo tempo sentir as coações de dependência. Mesmo se não pretendemos usá-la, consideramos nossa liberdade como a condição primordial de nossa relação de fusão.” (p.213)

Os grifos são por minha conta.

Elisabeth Badinter, Um é o Outro – Relações entre homens e mulheres,  Círculo do Livro, 1986.

Um comentário sobre “Paradoxo aparente

  1. Beth, cada um tem uma posição sobre este tema.
    Penso que uma parceria de amor , precisa sim de apoio , de colo , de proteçao de fragilidades que cada um possui , mas que o carinho traga isto naturalmente, sem cobranças e dominação.
    Admiração,entrega e respeito mútuo são básicos.
    E finalmente terem o mesmo objetivo de vida , tesao , amor ,
    liberdade para cada um , pois as pessoas não podem sentir-se acorrentadas .
    Paixão é outra coisa e normalmente têm tempo de duração.
    Tudo isto não vem de graça, tem de ser construído dia a dia .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s