Não vivemos sozinhos …

Estes cadernos, estes velhos diários que se empilham nas prateleiras se alinham com a verdade interna/interior de cada pessoa … Não sabemos nada de concreto/palpável, nem do que acontece no íntimo/alma do outro, por isso estamos nesta ilha de solidão, no meio da apresentação… Confuso  este junto / separado. Nós e os outros, representação. Podemos dizer/falar/comentar qualquer coisa, e não somos nós por inteiro, nem eles, mas a representação. Nestes cadernos, nestes escritos, nesta confissão somos nós no inteiro, mas também um nós estrangeiro. A vida se apresenta aos pedaços, poetando …  Compreendo que somos únicos apenas no momento que somos reconhecidos pelo outro. Intimidade complicada de estar e olhar e ver o outro. Cadernos, diários, cartas desvendam os pedaços para formar este inteiro/completo ser humano. Assim, meu amigo amado, penso, sei, questiono, e quero te dizer muitas e muitas coisas, mas acabam não sendo relevantes porque a distância, o ambiente, a neblina, o sol ou chuva modifica tudo, e não estamos juntos, e nem estás a me ler por inteiro. Os cadernos, os diários, as fotos, as cartas se perdem no porão. Existe um calvário interior, ou na vida de cada pessoa, intimo. Pode ser descoberto, mas não aparece no primeiro olhar.

unnamed-9-jpg-maravilha-de-foto

joana-e-a-familiaos-guris-2016brindeboaunnamed-9-jpg-gostei

“Belo texto , a vida anda o tempo passa , calvários, mochilas todos carregam , mais ou menos espinhosos . De forma que viver é um desafio , enfrentar o mundo outro desafio .
Mas viva a dureza com beleza das coisas boas e singelas .
Guerreiros e lutadores como os Vikings, que se aventuravam jovens aos mares nordicos para os desafios do desconhecido.
Se apequenar nada nos traz de resultado , a vida simplesmente é dura e bela.
Calvário é algo muito cristão é religioso, as maiores batalhas na antiguidade e atuais sempre foram religiosas vide as cruzadas .
Com todo respeito por qualquer crença que aliás são muitas.”

Dado K. Corbetta

2 comentários sobre “Não vivemos sozinhos …

  1. Belo texto , a vida anda o tempo passa , calvários, mochilas todos carregam , mais ou menos espinhosos . De forma que viver é um desafio , enfrentar o mundo outro desafio .
    Mas viva a dureza com beleza das coisas boas e singelas .
    Guerreiros e lutadores como os Vikings, que se aventuravam jovens aos mares nordicos para os desafios do desconhecido.
    Se apequenar nada nos traz de resultado , a vida simplesmente é dura e bela.
    Calvário é algo muito cristão é religioso, as maiores batalhas na antiguidade e atuais sempre foram religiosas vide as cruzadas .
    Com todo respeito por qualquer crença que aliás são muitas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s