blindada

Pouco do nada é não ter. Nem estar entre balões.  Pouco do nada é querer fazer sem fazer. Esperar por milagre. Milagre não existe, ou é ou não é …, ilusão ou miragem?  Fica a vida por conta desta fantasia. Desvio, ou é um beco. Estacionei. Espero na nuvem. Guardada, blindada. Palavra com sentido invertido. …, abraçar e beliscar, … imagino, e tu me vês. Não sou eu, não és tu. Invento. Sonho no meu sonho. Escondida. Onde estás? Elizabeth M.B. Mattos – dezembro de 2017 – Torres

balão amarelobalões

balão amarelo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s