homem inventado

“Ora, o que era eu, senão um homem inventado?” (p. 108)

Lenta e confusa ordem nesta desordem completa. Empoeirado, fora do meu gosto e do lugar! …, e estou distraída. Resolvo do imediato ao instante, depois esqueço. Será reinventar?  Luigi Pirandello no livro MATTIA PASCAL nos dá a chance, ou narra a possibilidade, de como seria anular tudo e recomeçar com identidade nova, claro, a plena idade! Faz reflexões e escreve: “Esse sentimento penoso da precaridade ainda me dominava e não me deixava amar a cama em que ia dormir e os vários objetos que tinha ao meu redor. ” Por mais anônimo e novo e ou perfeito ambiente que  eu me esconda, estou visível a mim mesma, e aos meus estranhamentos. E o que pode ser novo, ideal e completo fica em suspenso. “Cada objeto, em nós, costuma transformar -se consoante as imagens que evoca e agrupa, por assim dizer, em torno de si. Certamente, de um objeto podemos gostar também em si mesmo,, pela diversidade das sensações agradáveis que suscita em nós numa sensação harmoniosa; mas, [é o autor diz o que sinto] com bem maior frequência, o prazer que um objeto nos proporciona não se encontra no objeto em si mesmo. A fantasia o embeleza, cingindo – o e quase que iluminando – o de imagens queridas. E à nossa percepção, ele não mais se apresenta tal como é, mas como que animado pelas imagens que suscita em nós ou  que os nossos hábitos lhe associam. No objeto, em suma, amamos o que nele pomos de nós mesmos, o acordo, a harmonia que estabelecemos entre ele e nós, a alma que ele adquire somente para nós e que é constituída de nossas lembranças. Ora, como podia acontecer tudo isso, para mim, num quarto de hotel? (p.116)  Volume 38 da coleção Os Imortais da Literatura Universal da Abril Cultural

Penso na casa, espelho meu, nas roupas e o tudo que sou / escolhi: espelho meu. Magia e fantasia ao caminhar, falar, ser. Magia de ser quem sou? Qualquer objeto, de barro, porcelana, prata ou cristal importa pelo peso da vida de quem o possui? O bom decorado, antes de mobiliar uma casa para um cliente, precisa descobrir/ conhecer hábitos e histórias de quem vai morar neste cenário.  Trabalhar o pessoal e o íntimo. Assim o bom estilista, não pode ser apenas o bom corte a boa costura, o bordado certo, há que saber descobrir e adivinhar a personalidade, o detalhe de quem veste o traje. Os GRANDES estudam e sabem desta psicologia dos/nos clientes potenciais. Parece fútil, mas é da natureza. O urso procura a caverna, o pássaro o ninho, a fantasia as florestas. Elizabeth M.B. Mattos – fevereiro de 2019 – Torres já não tão escaldante.

Revendo -m, assim, de improviso morreria do susto a viúva Pascatore? Qual! Ela? Pois sim! Faria é morrer a mim, novamente, dois dias depois. Minha sorte – precisava capacitar -me disso -, minha sorte consistia, justamente, em ter me livrado da mulher, da sogra, das dívidas, das humilhantes aflições de minha primeira vida. Agora estava inteiramente livre. Não me era suficiente? O fato é que eu tinha ainda uma vida toda à minha frene. Por enquanto… quem sabe quantos outros estavam sós como eu!” (p.117)

adoro estante e cartonado da aquarela do stockinger

Como Pascatore inventei um homem para amar. Trouxe para a minha vida, agora/hoje, a fantasia do menino-homem que, um dia, não sei dizer com exatidão, imaginou uma Beth pessoa a caminhar pela praia de Torres, …e,  não viu o  envelhecer. Eu me escondi atrás/ou dentro desta imaginação imaginada, e isso me rejuvenesce, e dá prazer. Não vou dizer obrigada. Paixão  /amor / namoro amante são graciosos, de graça! Tanto quanto fortuitos.  Este reencontro com Pirandello me salva. Beth Mattos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s