amoroso

Sim, Simone, a carta se esparrama na amorosidade e no encantamento dele por ela. Roberto e Anita (meus pais) tem uma linda história de amor a ser lembrada. Tua observação me fez/faz pensar no peso e nas particularidades da vida deles antes e depois de se encontrem… Ela chegou a me instigar a escrever, anos de 1945 e 1950 e depois 1960… e antes, e eles e nós. Ambos me escreveram muito, sempre morei longe, mas paradoxalmente, com eles, tão perto… vou revirar minhas lembranças. Poemas e cartas da mãe já publiquei muitas no Amoras, as dele não. Acho que é a primeira. Tenho lindas cartas de amor dele para ela, e dela para ele. Muita coisa foi queimada no meio das brigas/ desentendimentos. Eles eram dois apaixonados vivos. Elizabeth M.B. Mattos – Torres – outubro de 2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s