madrugada

se a madrugada me acorda, volto  para te pensar, seguro a vontade de te saber aqui ou ali,…conversar.

dormes.

a chuva se fez dia frio, depois quente, depois não sei.

dormes.

os livros me esperam, desânimo.

não posso acertar! erro tanto! e já amanhecendo estou a pensar na noite!

a pensar em ti, mas

dormes

Ana Moog – outubro de 2009 – Osório /RS

2 comentários sobre “madrugada

    • verdade, somos ‘juntadores”, porque corremos, fazemos mil coisas ao mesmo tempo a título de tudo controlar, e ‘reservamos’ um isso e aquilo para detalharmos depois, depois. inquietante quando este depois nos engole, e… passou. A pensar. Obrigada Luis Rodrigues pela tua observação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s