e não vieste, já voltaste e assim, não aconteceu: eu te queria aqui

O tempo se arrasta, constrangimento covarde. Vou criar outro caminho, outra coragem, outro empenho, e vou te ver em Paris, em Limoges, ou onde estiveres. Podes rejeitar, eu aguento. Eu aguento porque te quero, sem consciência nenhuma neste querer. E.M.B.Mattos fevereiro de 2020 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s