Inquieta vida, povoada

Inquieta vida, povoada.Pigmentação de ouro, seiva verde das florestas … Perfume/cheiro do gramado. Orvalho. Esconderijo. Floração. Céu vermelho e dourado. O homem e suas esmeraldas… Unhas de marfim, braços e pernas de ébano. E a voz? A voz se faz a resposta. Inquieta vida, povoada, e assim mesmo, solitária. Ser apenas tu e eu, eu contigo, nós, ou a ilusão mesmo de ser um. Elizabeth M.B. Mattos – agosto de 2020 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s