O Homem sem QUALIDADE

A gente pode fazer o que quiser”, disse o homem sem qualidades para si mesmo, dando de ombros, ” que isso não tem a menor importância nesse emaranhado de forças!” depois afastou-se, como uma pessoa que aprendeu a renunciar, quase mesmo como um enfermo que teme qualquer contato forte; e quando atravessando o quarto de vestir anexo, passou por um punching ball ali pendurado, deu -lhe um soco rápido e forte, que não é propriamente comum em momentos de resignação ou estados de fraqueza. Robert Musil O Homem sem Qualidade (p.12)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s