doce amigo

“Doce amigo, não é tão terrível assim. Tudo isso é porque você está aí, e eu, aqui. Quando você me vir, tão alegre e indiferente, logo seu coração se aliviará. Nunca oprimi nem sufoquei ninguém em minha vida; sou apenas um pretexto para que as pessoas vão em direção a elas mesmas. Quando este” em direção a elas mesmas” existe, ou seja, quando elas mesmas existem – então – TUDO EXISTE.

Diante da ausência eu nada posso.” (p.289) Marina Tsvetáieva Vivendo sob o Fogo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s