exato

ação / o exato / o preciso que seria real, se confunde,

não é verdade, mas percepção.

sentimento fantasioso.

o entendimento se atrapalha, tropeça, atropela o sentimento

a realidade, uma narrativa

fantasiosa de impressões (não verdade, mas conceito)

o fato é considerado real, realidade.

no entanto, ao contornar / delimitar o feito / o fato… puft! desaparece

a história é abafada na evidência da narrativa: um amontoado de palavras explicativas / ou iluminadas: e eu te amo

vês?! a narrativa, às voltas com a fantasia!

o beijo, o abraço, a possibilidade de ser real desaparece, outra vez,

novo emaranhado de histórias.

Volto ao piano, ao som do violão, a voz equivocada. Elizabeth M.B. Mattos – outubro de 2021 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s