praga/peste com licença para matar

…passeio pelas ruas de Torres: prédios frente ao mar com sol! Óculos escuros e chapelões se refestelam ao sol. Os outros edifícios, todos os outros, a espiar pelas janelas, ou a se divertir com quem fica em casa. Praias lotadas / guarda-sóis a fofocarem e a se baterem / segurarem uns aos outros. A beleza cheia de pernas e braços! Papel pelo chão, carrocinhas com sorvete…,e, o perfume das frituras na Praia Grande! Salva – se, das torres de cimento, nostálgico, o rio Mampituba!

Sobrevier mesmo esmagado, desgovernado, é preciso! Praga / peste! Licença para morrer no meio deste descaso: pobre meio ambiente! Elizabeth M.B. Mattos – novembro de 2021 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s