de coisas

estas coisas de amar, não são coisas de dizer, mas de sentir.

fico pensando que estas coisas de amar se ensinam, como a falar, como a pensar, como caminhar…

pois é, estas coisas se ensinam…

e a gente aprende, ou não aprende: demorei tanto a me alfabetizar! esquisito lembrar disso!

esquisito lembrar da vida, repassar, e lutar para ficar. Elizabeth M.B. Mattos – abril de 2022 – Torres

Foto: Pedro Moog

2 comentários sobre “de coisas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s