Espera – Attente – Bernard MAZO

La joie de te reconnaître dans une ombre qui passe / Il faudrait remonter plus loin que toute attente / Retrouver la voix qui te ressemblait / Le visage qui était le tien tien sous l´epaisseur des rides / La vie chemine à fleur de peau difficilement /Plus lourde chaque jour de cette attente obstiniée. (Paris, Natal de 1964) – este livro, um presente de Flávio Xavier

Livre a tradução: Alegria, alegria de te reconhecer na sombra/no vulto que passa / Seria necessário remontar/voltar mais longe que a espera / Reencontrar a voz que se assemelha a tua / O rosto / a imagem que era/ tua atrás/através das espessas/ grossas rugas / A vida caminha pela superfície da pele / a flor da pele, com dureza/dificilmente? Mais pesada cada dia desta espera obstinada.

Mãos duras, marcadas: a pele?! Uma casta frisada / embora suave, encolhida e obstinada no seu desenho de pele… Este mapa desconhecido que te espera. Quero segurar a vida, mas, como diz o poeta, a vida caminha pela pele redesenhada. E o amor obstinado, a expectativa viva, a história que não te contei salta festiva e animada, queremos te ver. Que chegues logo! Elizabeth M.B. Mattos – 2022 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s