olhar atento

Desculpa a demora: ao escrever aceito tua ausência. O dia acordou desconfiado: sol, depois cinzento esquisito. O inverno se agarrou na estação do frio, parece normal. As coisas se acomodam/organizam depois do vendaval. Aturdida com tua visita penso devagar. Aquela pressa de terminar, sacudir a vida pra tirar a poeira, ligar o rádio, sintoniza na vida feliz…ah, não consegui. Estou no teu bolso! Tantas vezes gostei de passear escondida! Apenas teu olhar importa. Pego o lápis, o papel, desenho teus olhos, escrevo um bilhete. Agora, apresso-me na carta. E apresso-me em te dizer que logo estaremos juntos, outra vez. Vou dormir o dia inteiro e guardar, nos lençóis, o peso da vida. Obrigada por teres vindo e…, um beijo, outro beijo, um abraço, e leva a saudade inteira. Elizabeth M.B. Mattos – junho de 2022 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s