meu

Teu beijo, meu. Passo voltas na chave, seguro, guardo. Abraço quente como as dunas de verão, fica: não me importa que tenhas engordado, também eu, não sou a mesma, e, ainda assim, somos… Elizabeth M.B. Mattos – julho de 2022 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s