não vá incendiar o bife

Escrevo e conto, todos os dias: … o gato, a rua, aquela caminhada preguiçosa, o sono, o livro que terminou, o copo de vinho.  … penso, penso penso e … Durmo imagino acordo penso outra vez, e me escandalizo … palavras. O bife flambado, o fogo. Estabanada (uma colher de sopa a medida, por favor, não vá incendiar o bife).  O país pegando fogo, a desaparecer enlouquecendo e eu, … eu no rompante a namorar … Beijo e tempestade. Medo estremecimento de loucura. Intenso pequeno e avassalador. Por isso nos abraçamos e somos tão ligados um no outro. A gente não ama do mesmo jeito …, é desesperador, eu digo. Sempre a pensar que vamos amar mais e melhor, ou que não é ainda amor, medida estranha! Eu te gosto … e dizer não significa nada. E respondes: para mim significa … E eu te amo porque acreditas.

pierre-bonnard-artwork-white-cat

Pierre Bonnard

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s